A Cidade das Flores - Augusto Abelaira


Sinopse:

"Augusto Abelaira publicou o seu primeiro romance em 1959, aos 33 anos. Hoje, decorrido quase meio século, A Cidade das Flores continua a ser reeditada sem nada perder da enorme força da sua mensagem. Embora para poder escapar à censura salazarista o autor tenha situado a acção em Florença, num sistema político datado - a Itália dos anos 30. Escrita num registo muito próximo do teatro, ou até do cinema, a sua construção é admiravelmente moderna. O enredo encena as vidas de um grupo de jovens que luta pelos seus ideais e se debate com as inevitáveis contradições entre os seus impulsos juvenis e as limitações impostas pelo governo de Mussolini. A tomada de consciência de cada um dos protagonistas é, assim, delicada, pura e heróica, como só nessa idade é possível, por vezes com uma carga verdadeiramente trágica, mas nunca deixando de irradiar o esplendor renascentista da cidade onde vivem. O amor, a arte, a amizade, o valor da intervenção, da luta política, a solidariedade são temas que atravessam todo este romance. Augusto Abelaira (1926-2003). Licenciou-se em Ciências Histórico-Filosóficas. A Cidade das Flores (1959), foi o seu romance de estreia, escrito em plena ditadura. Desde então os romances que publicou, entre os quais se destacam títulos como As Boas Intenções (1963), distinguido com o Prémio Ricardo Malheiros da Academia das Ciências, Sem Tecto entre Ruínas (1979), que recebeu o Prémio Cidade de Lisboa, e Outrora Agora (1997) galardoado com o Grande Prémio de Romance e Novela da APE, além de outros romances como Enseada Amena (1966) ou Bolor (1968). A par da sua carreira de escritor, exerceu também as actividades de professor e jornalista. Foi director de programas da RTP e dirigiu as revistas Seara Nova e Vida Mundial. Passou pelos jornais Diário Popular, O Século, O Jornal e o Jornal de Letras. Durante anos foi colunista das bem conhecidas crónicas "Ao Pé das Letras" e "Escrever na Água"."

Livro: A Cidade das Flores
Género Literário: Romance
Editora: Diversos
Formato: epub


Publicar um comentário

0 Comentários